Publicado em 4 comentários

11 Dicas para um brigadeiro perfeito

Que ele é a paixão nacional, todo mundo sabe.

Que ele é instituição e motivo de orgulho nacional, também.

Mas acredite, as vezes tem segredinhos que a gente ainda não sabia.

É claro que eu vou dividi-los, né? Só não divido é o brigadeiro que estou comendo agora! 🙂

Então vamos lá:

Dica 1:

Material de boa qualidade gera brigadeiro de boa qualidade. 

Pode parecer besteira, mas não tem como fazer brigadeiro bom com aquele leite condensado aguado em promoção no supermercado.

Leite condensado de boa qualidade é fundamental!

O mesmo vale para o chocolate que se usa. Use marcas boas! Eu uso uma destas: Harald, Sicao, Du Porto.

Dica 2:

Já que estamos falando em chocolate em pó…

Use sempre chocolate em pó, jamais achocolatado!

O achocolatado tem um percetual altíssimo de açúcar (chega a 93% da composição em certas marcas), interfere diretamente na qualidade e consistência do produto final.

Pode-se trocar chocolate em pó por chocolate em barra (os gourmets são assim),  por cacau (fica menos doce), ou por pastas saborizantes caso queira fazer os brigadeiros com sabor (adoro!). Só não vale trocar por achocolatado e depois colocar a culpa na receita!

Dica 3:

Use panela de fundo grosso.

Quanto mais grossa a panela, melhor o calor se distribui. Como ela demora a esquentar também, ajuda que o leite condensado apure no tempo certo. Se a panela é fina, o leite condensado queima em vez de apurar.

Dica 4:

Use fogo baixo.

Não tenha pressa de fazer seu brigadeiro.

Depois de ter aqueles carocinhos ou pedacinhos queimados, vai lembrar de mim, como grilo falante: – Eu disse para não ter pressa!

Vale a mesma explicação da panela…o leite condensado tem que apurar, não queimar!

Dica 5:

Use manteiga extra para começar as funções

A primeira coisa que vai na panela é a manteiga. Use as que dizem a palavra “extra”. A textura fica mais cremosa.

Dica 6:

Use blossons, Splits, Vermiccelis, Granulés para enrolar os brigadeiros gourmets. 

Esses produtos são a base de chocolate mesmo, diferente dos granulados que são a base de gordura e açúcar aromatizados.

Não que não possa usar o velho e bom granulado. Mas a diferença é gigante!

Se for brigadeiro gourmet, é com esses carinhas aí.

Dica 7:

Para que o brigadeiro não cristalize, use 1 colher de glicose para cada receita.

Antes de mais nada, glicose e glucose de milho é a mesma coisa. Duas designações do mesmo produto.

A glicose evita que o brigadeiro faça aquela casquinha esfarelenta. Ela geralmente costuma aparecer após uns dois dias. É a cristalização do açúcar.

Principalmente quando se faz com antecedência, para festas, se deve colocar a glicose,

Dica 8:

Tire da panela imediatamente após pegar o ponto.

Lembre que a panela está quente, certo? Ao ficar dentro da panela o brigadeiro continua cozinhando.

Então o ideal é assim que pegar o ponto certo, colocar em uma tigela ou prato untado.

Dica 9:

Se quiser brigadeiro de colher, assim que começar a fazer bolhas, desligue o fogo e coloque imediatamente o creme de leite.

O melhor creme de leite é o culinário, tipo Leco, que não corre o risco de talhar ou soltar a sua gordura.

Dica 10:
A colher que mexe o doce não mexe salgado.

Esse é um dos meus maiores mantras. Panelas e talheres utilizados em doces devem ter só essa finalidade.

Parece besteira, mas já pensou em um brigadeiro perfeito que na primeira mordida remete a alho, cebola e outros temperos. Não! Não nesse momento!

Dica 11:

Não pare de mexer

Não quer aqueles carocinhos chatinhos? Então mexa o tempo todo. Não esqueça de ir raspando as laterais.

 

 

 

4 comentários sobre “11 Dicas para um brigadeiro perfeito

  1. DICAS MUITO IMPORTANTANTE, OBRIGADA!!

  2. Bom dia, gostaria de saber qual a quantidade de glucose de milho que usa para cada lata.

    1. Coloque uma colher de sopa para cada lata 😉

Deixe uma resposta